Moradores do Jd. São Crispim vão continuar enfrente enchentes. Prefeitura anulou a concorrência pública. 

Em abril, uma forte chuva inundou parte do Jardim São Crispim. Os moradores amargam até hoje os prejuízos. 

A concorrência pública 002/2019, aberta pela prefeitura de Jau, para selecionar a empresa para o fornecimento de material e mão de obra para a execução das obras de construção da escada hidráulica desde o Jardim São Crispim, passando pelo Condomínio Vila Real, até o Lago do Silvério foi anulada.

A notícia ecoou entre os moradores da região baixa do Jardim São Crispim, os mais prejudicados quando chove de uma forma mais intensa. 

Segundo uma nota divulgada recentemente pela Assessoria de Imprensa da prefeitura, 

no dia 9 de outubro ocorreu a  a abertura dos envelopes de habilitação do certame licitatório visando a contratação da empresa para o fornecimento de material e mão de obra, além de equipamentos para a execução das obras de drenagem no São Crispim. Seis ruas, em seus últimos quarteirões teriam instaladas as galerias de captação de água de chuva.  A obra custaria aos cofres públicos R$ 4.441,543 reais, e se previa um espaço de 6 meses para a conclusão

Cinco empresas do ramo de engenharia participaram da licitação. A Secretaria de Obras da Prefeitura se valeu de prazo previsto em lei para analisar os documentos das empresas concorrentes, prometendo que em 30 dias, divulgaria o resultado, indicando a empresa vencedora. 

Posteriormente, no dia 11 de novembro, ocorreu a 

abertura dos envelopes de habilitação do certame 

licitatório para as contratação da empresa  para a construção da escada hidráulica interligando  rede de captação de águas pluviais  existente no Condomínio Vila Real ao Lago do Silvério.

O objetivo desta obra seria  criar um canal de drenagem para captação de água através de uma escada hidráulica para condução das águas pluviais provenientes das galerias do Jardim São Criospim, passando pelo Condominio Vila Real l até o Lago do Silvério. O custo dessa obra seria de R$ 239.454 reais e estaria concluída em quatro meses a partir do inicio.   Essa obra  assemelha-se a uma escada, disciplinando o curso das águas da chuva, permitindo menor velocidade de escoamento e evitando erosões.

Duas empresas participaram da licitação e da mesma forma, a prefeitura pediu o prazo para analise da documentação de cada empresa participante.

No entanto, a licitação prevendo a contratação da empresa para a construção da escada hidráulica foi anulada. A Assessoria de Imprensa de Jau não explicou por quais motivos a licitação foi cancelada. Pela nota, observa-se que a licitação relacionada com a implantação das galerias de captação de água de chuva no Jardim São Crispim não sofreu alteração. A anulação refere-se somente à licitação com vistas a contratação da empresa para a construção da escada hidráulica no Lago do Silvério. 

LEIA TAMBÉM
79516504_file-photo-a-small-marijuana-pl

Contato:

bmon.monteiro@gmail.com

WHATSAPP

(14) 9.9886-7678

COMERCIAL:

(14) 3624-7678

03/12/19 - 23h59 -10.345

Matérias, fotos, vídeos publicados neste site  não podem ser utilizados por outras mídias, sem prévia autorização da Zap Assessoria de Comunicação. Antes de usar, consulte a redação. 

 www.plantaodepolicia.net é uma publicação da Zap Assessoria de Comunicação - CNPJ 31.442.917/0001-70 INSC. MUNIC. 55.508.  Todos os direitos reservados - Na Internet desde 2010.